Confira exemplos de vendas casadas

Conheça alguns exemplos de vendas casadas que você poderá ter sido vítima.

Postado em 15/03/2018.

O processo de venda casada é uma prática muito comum e que vem cada vez mais lesando os consumidores diante dos fornecedores por muito tempo.

A venda casada é um tipo de prática comum que cada vez mais vem lesando os consumidores. Este é um processo que ocorre quando o consumidor acaba por objetivar a compra de um produto ou realiza a contratação de um serviço e acaba sendo induzido e por muitas vezes obrigado a levar outro tipo de bem que não tinha interesse anteriormente neste pacote.

Este tipo de atividade acaba por prejudicar diversas pessoas devido a inexperiência e a ausência de informações sobre os direitos dos consumidores. O artigo de número 39 do Código de Defesa do Consumidor o CDC cita alguns abusos praticados por fornecedores e traz a venda casada como o inciso I deste artigo, o que afirma que esta é a prática comercial onde o fornecedor condiciona a venda de um produto ou serviço á aquisição de outro.

Confira exemplos de vendas casadas

A compra de pipoca no cinema

É comum aquele aviso de funcionários do cinema sobre a proibição de entrar com alimentos que venham de fora do estabelecimento, não é mesmo? Apesar disto, se você tiver interesse em consumir algum alimento durante a sessão, será necessário adquirir os mesmos nos guichês do cinema, o que em 99% dos casos conta com um valor muito acima do mercado.

Por uma decisão do STJ essa é uma prática considerada ilegal, o que entende que o consumidor conta com um livre direito de escolha, e poderá optar por qualquer tipo de serviço desde que tenha a qualidade e preços praticados conforme a sua necessidade.

As concessionárias que obrigam a contratação de seguro próprio do estabelecimento

Esta é uma outra forma de venda casada que acontece muito comum, quando um cliente compra um veículo em concessionárias e é induzido pelos vendedores a adquirir um seguro do próprio estabelecimento ou de um estabelecimento conveniado. As empresas alegam que o veículo deverá ficar disponível o mais rápido ou ainda protegido nas mais variadas situações, onde na verdade o consumidor poderá analisar a melhor relação de custo e benefício para a sua situação, escolhendo pelas mais variadas seguradoras sem um ônus para isto.

Salões de festa que oferecem condicionando a contratação de buffet próprio

Uma situação bastante peculiar e comum, ocorre com diversos consumidores que organizam festas de aniversário, casamentos ou mesmo formaturas. São muitos os salões de festa que associam o aluguel do espaço para eventos ao buffet do próprio lugar, em contrapartida, esta prática é vedada pelo CDC que aponta a liberdade de escolha dos consumidores. Estes que podem organizar seu evento com fornecedores que forem de seu interesse, sem ter de se sujeitar a uma imposição dos salões de festas.

Solicitações de cartões de crédito com outros produtos

Os consumidores ingressam em um estabelecimento bancário com a intenção de abrir uma conta corrente, e acaba saindo do local com a conta aberta e mais um seguro de vida, título de capitalização, entre outros serviços, o que mostra uma total abusividade dos fornecedores que adicionam serviços que o usuário não solicita.